(43) 2102-5252

Compre pela
Loja Online

10 Livros para Ler na Quarentena

Talvez seja este aquele momento que você tão esperava para encarar sua estante de livros e ler todas aquelas obras adquiridas em promoções, sebos e viagens. Ou então, você esteja no grupo de pessoas que busca uma atividade prazerosa para fazer dentro de casa, porém ainda carece de dicas de livros para começar.

Para ambos os casos, vale seguir a nossa lista. Selecionamos clássicos da literatura mundial  e outros lançamentos pops. Um livro sobre ansiedade e também contos para quem quer ler aos poucos. Vale o experimento!

1) O Sol é para todos, Harper Lee

O clássico americano é narrado por uma menina chamada Scout e é uma reflexão sobre racismo e injustiça. O livro, escrito por Harper Lee e publicado no Brasil pela Editora José Olympio, conta a história de um advogado que defende um homem negro acusado de estuprar uma mulher branca nos Estados Unidos dos anos 1930 e enfrenta represálias da comunidade racista.



2) Todos os contos, Clarice Lispector

Apesar de ser autora de obras consideradas de difícil compreensão, uma boa forma de entrar no mundo de Clarice Lispector, é por meio de seus contos. Uma opção é o livro Todos os contos, da Editora Rocco, que os reúne pela primeira vez.



3) Só Garotos, Patti Smith

Não precisa ser fã da cantora Patti Smith ou conhecer suas músicas para se apaixonar por sua obra Só Garotos, publicada no Brasil pela Companhia das Letras. No livro, ela narra sua relação com Robert Mapplethorpe e a busca deles por uma vida artística em Nova York nos anos 1960 e 1970.



4) Cem anos de solidão, Gabriel García Márquez

Difícil soltar Cem Anos de Solidão (Editora Record) após começar a leitura e conhecer mais sobre a família Buendía e o cotidiano da cidade de Macondo. Este é a maior referência do gênero de realismo fantástico e obra-prima de Gabriel Garcia Márquez.



5) O Segundo Sexo, Simone de Beauvoir

Olha aí uma boa oportunidade para encarar as quase 1000 páginas de O Segundo Sexo, de Simone de Beauvoir. Neste clássico, a filósofa existencialista destrincha o lugar da mulher na sociedade. Publicado em 1949, esse livro é referência básica para o movimento feminista do século XX. No Brasil, ele é editado pela Nova Fronteira.



6) Essa gente, Chico Buarque

Romance lançado em 2019 por Chico Buarque, editado pela Companhia das Letras, "Essa Gente" conta a história de Manuel Duarte, autor de best-seller dos anos 1990, que vive uma crise financeira e afetiva. Com formato de diário, ele tem como pano de fundo um Rio de Janeiro em crise.



7) O Grande Gatsby, F. Scott Fitzgerald

Clássico da literatura, o livro é narrado por Nick Carraway, que conhece e cultiva certa amizade com o riquíssimo e misterioso Jay Gatsby. A história se passa nos anos 1920, nos Estados Unidos, e tem como pano de fundo as festas exuberantes na casa de Gatsby, o jazz e transformações de comportamento na sociedade da época.



8) Memórias Póstumas de Brás Cubas, Machado de Assis

Um dos maiores clássicos da literatura brasileira, o livro é narrado por um defundo-autor, ou seja, alguém que resolveu escrever suas memórias após a morte.



9) Verissimas, de Luis Fernando Verissimo

Verissimas é uma opção para quem quer algo mais descontraído. O título reúne uma seleção de pérolas bem humoradas garimpadas em toda a obra do escritor.



10) Mentes Ansiosas,  Ana Beatriz Barbosa Silva

No livro, a psiquiatra e best-seller Ana Beatriz Barbosa Silva aborda as diferentes manifestações da ansiedade. Medo, estresse e ansiedade, segundo ela, são fatores comuns e até necessários para uma vida mentalmente saudável. Na obra, ela então analisa as causas, desdobramentos e possíveis formas de lidar.



Eai, gostou das dicas? Indique pra alguém.

Você também pode gostar